Deve ser mágoa, sei lá.


Mas eu decidi que não queria mais falar com você. Decidi que assim seria melhor para mim. Porque insistir em conversar com alguém que sempre me deixou tão mal? Para que se machucar. Se algum dia isso fazia algum sentido para mim, meu Deus, eu deveria estar fora de mim. Como eu pude deixar por tanto tempo alguém me fazer um mal assim, de graça, por apenas algumas palavras trocadas, eu realmente estava cega.  E a gente tem disso, acredite.

Com certeza você não tem a mínima noção o quanto absurdo era conversar contigo. Pode ser que no momento eu ficava feliz, pois por algum milagre você havia parado toda a sua importe vida para dar atenção a quem tanto mendigava alento. Poxa, eu me sentia importante... Até o final da conversa que eram sempre drásticas. Olha, parabéns, outra coisa que você nem imagina, mas conseguia sempre me deixar mal, para baixo, haja banheiro para eu chorar escondida.  E como eu chorei. 

Dá para notar né? Há uma mágoa aqui dentro de mim. Pessoas dizem, e até eu mesma sei, guardar mágoa misturada com rancor não faz bem. Mas sei lá, se é bem isso que eu tenho por você hoje, mas sei, que algo bom não é. Talvez eu ainda não tenha maturidade para definir o que é isso, e até para conversar sobre isso, quem sabe daqui um tempo.  Porém, hoje eu sei que sou melhor longe de você e da sua vida que um dia eu tanto quis fazer parte.  Chega soar irônico não é? Pois é, coisas da vida. 

Eu não sei se você ainda pensa em mim, o tempo me fez pensar menos em você. Outras pessoas me fizeram mostrar que a vida não é feita de só uma história de amor, vamos assim dizer. Dá para ser feliz mais de mil vez por dia de muitas maneiras. Ó se dá viu? Às vezes a gente deposita tanto sentimento, alegria, esperança, deposita um futuro todo em uma só pessoa que quando não da certo o mundo perde total sentido. É bem assim mesmo. Mas então vem outra manhã, outro dia de sol ou de chuva para mostrar que cada dia é diferente do outro, e que você tem mais uma chance de ser feliz, sem mágoas, sem rancor sem aquela pessoa que tanto te machucou. 

CONVERSATION