12 de junho de 2015

Opostos


Sal e pimenta. Água e óleo. Quadrado e redondo. Fogo e gelo. Assim somos nós: Eu e Ele. Não pensamos iguais, não temos o mesmo temperamento, não gostamos das mesmas coisas... A nossa relação tem tudo para dar errado, afinal, como chegar em algum lugar com dois caminhos diferentes? Mas mesmo assim, por incrível que pareça, temos algo em comum: O amor. 

Se eu dissesse que é fácil estaria mentindo. Mas as melhores coisas da vida são difíceis, no é mesmo? Quanto maior o obstáculo maior a conquista. E eu não sei até onde isso vai. Não sei qual vai ser o vestido do casamento. Quantos filhos vamos ter. Ou qual vai ser a nossa casa. Mas nesses últimos 3 anos aprende que o melhor da vida é aproveitar ela sem ficar se preocupando tanto com o futuro. É muito clichê né? Por ser dito por tantas pessoas e tantas vezes, "Aproveite hoje como se fosse o seu último dia", a gente acaba se acostumando a ouvir e deixa pra lá, como um "Bom dia" dito todos os dias. 

São exatamente 3 anos, 2 meses e 28 dias de muita risada, choro, brigas, reconciliações, pedidos de desculpas, beijos, abraços e muitas fatias de pizza. Tem momentos difíceis sim, mas não lembramos deles. O que vale mesmo são aqueles momentos que tudo o que importa é a companhia do outro, e claro, com uma porção de batatinhas frita junto. 

E como diz uma frase que eu vi na internet: Não se completa um quebra-cabeça com peças iguais. 

Um comentário

  1. Amei esse texto ♥
    Muito lindo
    http://daniellaalessandra.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo