Meu desabafo sobre o desafio do gelo

Ontem eu assistir um vídeo que me fez refletir muito. E ao invés de fazer um post, eu fiquei com vontade de gravar um vídeo para vocês. Mas como sou tímida quando o assunto é gravar vídeos, então resolve escrever, e espero que vocês leiam. 
 Nesses dias eu estava muito triste. Na verdade, nessas últimas semanas. Para quem me acompanha desde do ano passado, viu que eu fiz uma cirurgia. Tirei um cisto do cóccix, e fiquei durante alguns meses de molho (a cirurgia foi no dia 17 de setembro de 2013). É uma cirurgia que fica aberta e que é só o tempo para fechar. E como foi muito grande, então demorou uns 4 meses. Mas depois disso eu tinha que continuar repousando e fiquei um pouco limitada. Enfim, os meses foram se passando, e nesse mês eu tive que voltar no hospital porque abriu um buraquinho e o médico disse que eu vou ter que fazer uma nova cirurgia. Com essa notícia eu fiquei muito triste. Pois ano que vem (em Janeiro, no dia 29) já vou fazer 20 anos, e estou com esse problema desde os meus 16 anos. E é muito ruim ser limitada em algumas coisas. Como não poder usar short/calça, não poder usar salto alto, não poder andar de bicicleta, nem de moto, nem de ônibus. Não posso comer comida reimosa, e se eu ficar muito tempo sentada dói muito. Porque sai todo dia secreção e sangue, e dói bastante, inclusive na crises. Ou seja, além dessas coisas, tem muitas outras que eu não posso fazer.

Mas também nessas últimas semanas começou o desafio do gelo. Que eu duvido muito que você não saiba do que eu estou falando. E no começo eu não sabia o que era e fui pesquisar na internet para saber sobre o que se tratava. Quando eu li sobre a doença eu fiquei muito assustada. Não sabia que existia, e fiquei bastante triste. E desde então fiquei acompanhando os vídeos dos desafios e achando legal todo mundo participando e doando. Além dos vários vídeos sobre o desafio do gelo, ele foi um dos assuntos mais comentados na internet nessas últimas semana, e com isso surgiu várias pessoas insatisfeitas por estarem cansadas de ver tando desafio, e sobre a doença. 

E navegando pelos blogs, eu vi esse vídeo (é esse vídeo do post) no blog da Isabela, e fiquei em choque. Pensei em mim, no meu problema, nas minhas limitações e vi que nada do que estou passando se compara com as pessoas que estão com a doença ELA. Quando soube da doença fiquei espantada, mas ver esse vídeo foi muito assustador. Muito mesmo! Saber da doença é uma coisa, agora, ver a doença e ver um testemunho de quem tem a doença é bem diferente. É muito diferente! 

Por mais que meu problema seja chato, e tem horas que dar vontade de morrer, mas eu sei que tem solução; e essas pessoas que tem ELA? Como faz? 

Foi por isso que eu resolve falar sobre o assunto. Tem tantas pessoas por aí reclamando da vida, reclamando porque não tem roupa nova, não ganhou presente no aniversário, ou reclamando do colégio. Sei lá, as pessoas não precisam de motivos, elas simplesmente reclamam de tudo e de todos. Parem com isso, por favor! Enquanto você está aí, com casa, comida, com pais vivos, e que não falta nada para você; tem pessoas morrendo, com fome, morando na rua... E o pior, tem pessoas morrendo aos poucos. Deve ser horrível ver que aos poucos você vai morrendo, dependo mais das pessoas para fazer as coisas, e saber que vai morrer em alguns anos. Já pensou? 
A pessoa planeja a vida dela toda. Pensa em se formar, casar, ter filhos, viajar... E pá! Uma doença aparece e a pessoa descobre que não vai poder viver nada daquilo que planejou. Deve ser horrível! 

Então não reclame da vida. Não queira viver a vida de ninguém. Viva a sua vida. Aproveite cada dia. Ame as pessoas, e principalmente os seus pais. Respeito não mata ninguém. O que mata as pessoas é a falta de amor. 

Ufa! Acho que falei tudo o que eu tinha para falar. E para entender melhor do que estou falando, assistam o vídeo: 

CONVERSATION

12 comentários:

  1. Eu me reservei ao máximo para não falar do assunto, assisti esse video, não estava legendado então algumas partes falhei no entendimento

    Mas achei desnecessário esse MEME.. acho sim que tem que ter uma repercussão positiva, divulgar, mostrar o problema.. pedir ajuda. mas o que me deixou triste foi pq tinha pessoas que nem sabia o PQ estavam fazendo esse desafios e outros que sabiam, mas nem doaram

    Enfim, chorei muito com esse video em ver a vida que ele leva
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas, de qualquer maneira, essas pessoas ajudam á divulgar. Se não fossem por elas, não teria o alcance que tem. Essa "brincadeira" já arrecadou mais de 40 milhões de reais. De uma maneira ou de outra, está sendo útil.

      Excluir
  2. Eu não tenho opinião formada sobre essa história do balde de gelo, sabe, eu acho legal a iniciativa, mas vi muita gente fazendo só pra se promover, então não sei bem. Enfim, não sabia que você estava passando por tantas situações complicadas, mas desejo que se recupere bem e que tudo possa melhorar agora com seu corpo e sua vida. Mas realmente, fiquei tocada com sua mensagem, valorizamos pouquíssimo as pessoas que mais merecem e mais cuidam de nós, né?
    :/


    Beijos
    Brilho de Aluguel

    ResponderExcluir
  3. Realmente essa é uma das campanhas que esta tendo mais apoio né, existem outras doenças, mas com uma campanha como essa eu nunca vi. É importante que as pessoas não esqueça de fazer a doação, afinal não é só água e gelo que tudo vai se resolver.
    Entendo isso de reclamar de tudo, eu era assim, também estou passando por problemas de saúde, e isso faz com que a gente valorize mais certas coisas.
    Um lindo vídeo, vale a pena compartilhar.

    http://talento-feminino.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Até então eu meio que estava 'pouco me importando' para esse tal desafio do gelo, apesar de já ter conhecimentos sobre a doença. Achei que era tipo AIDS em que o governo do mundo inteiro tem programas especiais para tratar e tudo mais. Mas depois desse vídeo... Fiquei em choque. Saber que são tão poucos e que o governo não dá a assistência devida... Saber que é tão difícil saber que se tem ELA e que em algum momento você vai ficar completamente debilitado... Tem que ser extremamente forte psicologicamente, e viver a vida...

    Enfim. Concordo quando você diz que muita gente reclama por tão pouco, mas infelizmente sempre vão existir pessoas com esse tipo de mentalidade. Achei super válido a sua opinião e o seu compartilhamento, e irei fazer o mesmo. Obrigada.

    www.coisasdevih.com.br

    ResponderExcluir
  5. Realmente, muitas vezes a gente só reclama da vida, e não se dá conta que existe tantas pessoas em situações realmente alarmantes. Obrigada por visitar meu blog, volte quando quiser. beijos.

    ResponderExcluir
  6. Que texto lindo !!! Vi seu comentário no meu blog e quando entro aqui percebo que você é uma pessoa de coração muito bom... Parabéns por pensar assim e tentar alertar as pessoas...
    Virei fã... Bjss**

    www.divei.com.br

    ResponderExcluir
  7. Primeiro, queria dizer que estou torcendo por você e que tudo vai dar certo. E segundo é que eu já tinha visto esse desafio do gelo e achei muito legal a iniciativa de alguns artistas, mas tinha alguns que queriam se promover, sei lá.. E logo quando comecei a ver esse vídeo, já tava saindo uma lágrima aqui, hahah E tens razão, as pessoas reclamam de tudo sendo que tem tudo!!!!
    É um vídeo lindo, de emocionar. Vale a pena compartilhar :D
    Um beijo!

    quebrarosilencio.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Concordo com você, tem gente que reclama da vida tendo tudo ai, eu mesma sou uma dessas. Não reclamo de tudo, mas gosto de reclamar quando jogam "muita" coisa pra que eu faça e acabo formando uma briga por coisa nenhuma, mas acho ridículo as pessoas que tem absolutamente TUDO o que querem de "mão beijada" e ficam com graça de se expor ou ficar de graça com os pais reclamando que não tem nada sendo que muitas pessoas ao seu redor dariam tudo pra ter o que você tem.
    Ótimo post mesmo!
    Beijoos || ✖ Caramelos Encantados

    ResponderExcluir
  9. Oi Thalita, sabe, eu discordo de você. Acho que cada pessoa tem sua dor. Não tem essa de "tem outra pessoa sofrendo mais que você", isso não minimiza a dor de ninguém, não ajuda a passar e não faz com que a outra pessoa seja mais vítima. Creio que cada um sabe o quanto sua dor lhe aflige e erguendo a cabeça é possível enfrentar as barras pesadas.

    Xo, Belle Hendges

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo quando você diz que cada pessoa tem a sua dor. A minha, por exemplo, é horrível. Mas poxa, olha para a situação dele e olha para a minha. Não que eu vá ficar feliz por ter alguém com um problema maior do que o meu. Mas Vai ser um exemplo pra mim, sabe? Por mais que eu seja um pouco limitada mas tem uma solução para isso. E não tenho o direito de reclamar de nada. Eu não quero tá em uma situação igual a dele, então vou aproveitar a minha vida e agradecer a Deus. Porque querendo ou não, o que ele está passando é muito pior do que eu estou passando. Você iria escolher passar por uma cirurgia em que você vai ficar alguns meses de molho ou ficar doente de uma coisa em que não tem cura?

      Beijo

      Excluir
  10. Oi Thalita!
    Espero que tu fique logo melhor, e não te preocupas que isso tudo, logo vai passar.
    Eu sei que tem muita gente fazendo o desafio do gelo "só pra aparecer", que tem gente que nem sabe da real intenção disso, ou se sabe, não liga. Mas é como a moça ali em cima disse : pelo menos ajuda a divulgar"
    Acho importante essa mobilização, até porque foi através disso que conseguiram chamar atenção das pessoas e arrecadar dinheiro.
    Concordo com tudo que seja por uma boa causa, e comparada à essas pessoas, eu tenho tudo na vida, não é por ter uma timeline lotada de vídeos de pessoas jogando gelo em si mesmas que eu vou ficar de birra, sabe? Enfim, melhoras querida!

    Abraço <3

    http://queroguardarpmim.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Instagram

Segue aí!